22/08/2011

Eu li: Os príncipes da Irlanda


Oi Sugars!!!

Este é o primeiro post do quadro "Eu li".

Foi há muito tempo. Muito antes de São Patrício chegar. Antes da vinda das tribos celtas. Antes que se falasse o gaélico. No tempo dos deuses irlandeses que nem sequer deixaram seus nomes.”


É com essa passagem que Edward Rutherfurd inicia o primeiro livro da Saga de Dublin:Os príncipes da Irlanda. A obra do escritor inglês é um épico que narra a história irlandesa através dos séculos, abrangendo o período de 430 a.C., até meados de 1533 d.C. Misturando ficção com fatos históricos, Rutherfurd utiliza da trajetória de seis famílias para contar a formação do povo e da cultura na terra dos leprechauns.

A trama começa em torno do amor entre Conall e Deirdre. Ele, Conall, príncipe celta e guerreiro. Ela, Deirdre, filha de um chefe de um clã decadente.
Conall era sobrinho do rei supremo. Ao nascer, seu destino foi previsto pelos druídas, que eram sábios e sacerdotes celtas:

Conall seria um homem erudito, um poeta;
Mataria um grande guerreiro;
E não morreria antes de quebrar suas geissi (lê-se Guixi) – as proibições.

Quando um príncipe ou um grande guerreiro vivia sob as geissi, era melhor que tomasse cuidado. As geissi eram terríveis, pois sempre aconteciam. (...) Eram como armadilhas.”

E Conall tinha três delas. Imaginem a dificuldade.

Imaginaram?

Somem a isso o fato de que a mulher pela qual Conall se apaixona, acaba sendo escolhida pelo rei para ser a nova rainha.

É, temos uma boa história pela frente.

Minha opinião sobre a obra:

Adorei o livro. Os personagens cativam e prendem o leitor de um jeito inexplicável. Sem contar a enxurrada de cultura a cada nova página. O livro é um histórico que mescla romances, reinados, guerras, celtas e vikings!

Para mim, o mais interessante disso tudo, é que você acompanha os descendentes dos personagens iniciais em meio a essa trajetória, vivenciando a criação da Irlanda. Vale a pena ler! Além de diversão, você sai com muita bagagem cultural.

Os Príncipes da Irlanda
Título Original : Dublin Foundation
Edward Rutherford
696 páginas
Editora Record





0 Opiniões:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...